sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Travessia - Petrópolis x Teresópolis (total = 4 dias)


A única forma que encontrei de expressar esta experiência magnífica foi o mapeamento por tempo e pontos de parada/retomada... Foram 4 dias no total muito cansativos (11/12/2012, 12/12/2012, 13/12/2012 e 14/12/2012) principalmente os 2 primeiros, mas ao mesmo tempo muito proveitosos (o último dia claro... rs).

Foi uma aventura eletrizante, a maior prova física/mental a qual já me submeti, e só tenho a agradecer ao Rodrigo Ristow e Marcelo Ristow (irmãos fortes e guerreiros!) por me conceder essa oportunidade.













Infelizmente o JC não pode ir comigo desta vez, mas mesmo assim espero voltar lá, melhorar o condicionamento físico e claro, subir menos pesado. Aprendi muitas mas muitas coisas, passei pelo perrengue de não saber se minhas pernas aguentariam, afinal em média foram de 10h a 12h de subida, com o peso nas costas e no peito, com pausas para almoço, lanche, para beber água e pra recuperar o ar.

















Sinceramente logo no 1º dia já pensei em desistir umas 9 vezes rs... Mas não queria arruinar a travessia em si que era de todos, e queria ver até onde era capaz de chegar, e não é que consegui chegar? rs

















Acredito que quando desistimos, não temos ideia da onde poderíamos chegar/concluir/fechar uma meta ou um objetivo, e realmente me testei, ganhei a sabedoria de continuar além, seguir em frente, sem câimbras e sem nada de estranho no corpo, acho que a mente me ajudou muito, senti uma leve dor na perna, mas não durou nem 10min...






















E foi isso, continuar andando, continuar subindo, continuar... continuar... continuar...
















Travessia - Petrópolis x Teresópolis - 1º dia

0733 - Saída da Base (Petrópolis);
0822 - 1º parada;
0830 - Saída da 1º parada;
0839 - 1º bifurcação (escondemos as mochilas);
0851 / 0905 - Véu da noiva (leve parada na cachoeira) / caminhando/subindo uma trilha pela cachoeira;
1050 - Pico do Glória (pausa leve);
1128 - Descida/saída do Pico do Glória;
1241 - Volta ao Véu da noiva (pausa na cachoeira);
1325 - Sáida do Véu...
1339 - Volta à bifurcação (pegar o equipamento escondido);
1435 - Pós almoço, re-equipar e subir novamente;
1600 - 2º pausa da subida;
1610 - Saída/subida da 2º pausa;
1905 - Chegada no 1º acampamento (morro do açu), a previsão era chegar as 18h, porém pegamos muita chuva, vento e neblina no final;
2040 - Preparada das barradas;
2100 - Jantar e preparacao para dormir;
2200 - Dormir e descansar para o 2º dia;


Travessia - Petrópolis x Teresópolis - 2º dia

0530 - Acordamos só que não (dormimos de novo, tava chovendo);
0640 - Desmontagem das barracas e café da manhã;
0900 - Saída do acampamento 1;
0940 - Descida/subida - 1º parada (esconder o equipamento);
1000 - Partimos no sentido dos portais de Hércules (chegada as 1040);
1120 - Saída/subida de volta;
1202 - Pegar o equipamento;
1213 - Descida pra um vale (local de pausa para o almoço);
1229 - Esquecemos um saco de lixo, volta para pegar a nossa sujeira rs;
1255 - Chegada/pausa para o almoço finalmente (fazer miojo, lavar panela, e guardar o equipamento);
1355 - Saída após alimentação/hidratação sentido morro da Luva;
1440 - Chegamos no topo;
1517 - Descemos tudo, chegamos numa cachoeira/escada íngreme e subimos;
1639 - Descemos muitas pedras, contornamos um morro e chegamos no vale das antas (faltando 1200 metros para o pico do sino - 2º acampamento);
1717 - Saída do vale das antas (pequena pausa para hidratação/alimentação);
1739 - Chegada na pedra da baleia;
1802 - Preparação para subir o pico do Sino;
OBS: último pico do 2º dia, pelo que aparenta de altura, o trajeto parece ser bem puxado, pedirei ajuda ao irmão do Ristow, Marcelo com uma mochila pesada que levo no peito...
1818 - Até umas 1830 descemos um trecho úmido com apoio da corda que o Ristow trouxe para rapel;
1930 - Aproximadamente chegamos no 2º acampamento, o famoso pico do sino;
2040 - Após montagem da barraca, começamos a preparar o jantar e as coisas;
2140 - Com chuva e vento forte, começamos a comer e a preparar para descansar;
2253 - Dormindo...;


Travessia - Petrópolis x Teresópolis - 3º dia

0600 / 0630 - Acordamos mas o tempo estava muito fechado;
0821 - Acordamos de vez para tomar café;
1100 - Saímos do acampamento sentido o cume da pedra do sino;
1115 - Chegada, tiramos fotos e esperamos melhor um pouco o tempo (neblina e vento);
1135 - Descida, explorando outra trilha (pela qual não passamos na ida);
1145 - Achamos uma caverna;
1210 - Volta ao acampamento;
1220 - Chegamos na barraca novamente;
1239 - Saída pro morro do papudo;
1325 - Chegamos no cume do papudo;
1400 - Descida de volta;
1455 - Subimos novamente sentido o cume da pedra do sino (tempo melhorou, e abriu um pouco o sol);
1640 - Aproximadamente, reforçamos a barraca, montamos novamente de uma forma melhorada;
1730 - Almoçando atrasados;
2150 - Pequena janta/ceia;
2300 - Dormir!;


Travessia - Petrópolis x Teresópolis - 4º dia

0600 - Acordamos com tempo ruim (voltamos a dormir rs...), novamente as 0700 tentamos acordar, e o tempo não mudava, as 0830 nova tentativa sem sucesso, porém as 1010 Após tomar café decidimos sair assim mesmo sentido morro são pedro;
1045 - Chegamos no cume com muito vento e neblina, porém sem chuva;
1111 - Descemos e achamos um outro local perto para tirar fotos;
1142 - Continuamos descendo de vez e fomos novamente a pedra da baleia;
1221 - Chegamos no acampamento, desmontamos a barraca, e preparamos o equipamento, era o 4º dia, e o fim da travessia (aproximadamente as 1350);
1411 - Almoço e preparação final;
1440 - Começa a descida sentido Teresópolis;
2028 - Chegada no parque de Teresópolis (após caminhar sem luz natural e sem usar nossas lanternas de cabeça, apenas com visão noturna, chegamos no Parque Nacional da Serra dos Órgãos - Sede de Teresópolis);









Fim da travessia!

Att JJ.

9 comentários:

  1. Irado cara! quantos km no total??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aproximadamente 36 KM, só que fizemos uma exploração pela área, e fomos em vários picos fora do percurso da travessia, ou seja, andamos bem mais... rs

      Att JJ.

      Excluir
  2. Legal eu tbm quero ir na próxima!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns! A vida não é feita pela quantidade de vezes que respiramos, mas pela quantidade de vezes que perdemos o fôlego.

    ResponderExcluir